Iniciativa da ADRA Espanha Oferece Novo Começo para Vítimas de Terremoto

Adventist Development and Relief Agency

Iniciativa da ADRA Espanha Oferece Novo Começo para Vítimas de Terremoto

Em 8 de setembro de 2023, vários vilarejos do Marrocos foram atingidos por um terremoto de magnitude 6,8; o mais forte que abalou a região em mais de 60 anos.

Humanitário

A ADRA Espanha viajou novamente para os vilarejos do Atlas marroquino que foram gravemente afetados pelo terremoto de magnitude 6,8 de 8 de setembro passado, o mais poderoso registrado na área em mais de 60 anos.

Nesta ocasião, Daniel Abad, coordenador da ADRA Espanha no Marrocos, e Marta Ayuso, membro da equipe da ADRA Espanha, coordenaram duas novas entregas às populações berberes da área. No total, 375 cabras foram distribuídas entre 75 famílias que perderam sua atividade pecuária devido ao terremoto.

“É gado nativo: são das raças parcha e negra do Atlas”, explica Abad. “As cabras estão adaptadas ao seu ambiente, que é muito frio no inverno e muito quente no verão”.

Cada um dos pastores beneficiados por este projeto recebeu cinco cabeças de gado (um macho e quatro fêmeas), devidamente marcadas e vacinadas antes de serem entregues às famílias. Em um prazo de seis meses, o rebanho poderá dobrar seu número de cabeças, e os pastores poderão recuperar sua principal atividade econômica nos mercados locais.

Os beneficiários foram escolhidos entre a população local com a ajuda da organização local sem fins lucrativos Al Ofoq. Os pastores beneficiados devem se identificar com seu número de identidade nacional, assinar os contratos de cessão fornecidos pela ADRA e se comprometer por escrito a dedicar esses animais à sua atividade econômica e não a outros usos.

Esta iniciativa da ADRA Espanha visa oferecer uma oportunidade para um novo começo após o terremoto. "Eles perderam suas casas, alguns perderam familiares e também sua atividade econômica. Agora podem ter um novo começo e o recebem com grande alegria", explica Bouker Bennani, representante da Al Ofoq. "É uma nova oportunidade que lhes permitirá parar de pedir ajuda a outros".

Cada um dos 375 beneficiários também recebeu 160 quilos de alfafa e forragem, com os quais poderão alimentar os animais pelos próximos dois meses. As famílias reconhecem que, com a venda futura de uma dessas cabras, poderão obter a renda necessária para sobreviver por dois meses.

Durante esta nova viagem ao país, Abad e Ayuso também puderam visitar alguns dos pastores que receberam gado há cinco meses. Naquela época, a ADRA Espanha já havia feito uma primeira entrega de 150 cabras a um total de 30 famílias de quatro aldeias.

"Quando as cabras crescerem, poderemos vendê-las e reinvestir esse dinheiro para comprar alimentos e outros produtos", explica um dos pastores beneficiados pela ajuda da ADRA Espanha. "Nosso objetivo é ter uma pequena fazenda na qual, pelo menos uma vez ao mês, possamos vender uma cabeça no mercado local".

Este projeto, e toda a resposta humanitária desenvolvida no Marrocos pela ADRA, foi possível graças ao financiamento de nossos parceiros, doadores e especialmente dos seguintes países: ADRA Alemanha, ADRA Japão, ADRA Austrália, ADRA França, ADRA Canadá, ADRA Países Baixos, ADRA Bélgica, ADRA Áustria, ADRA Europa, ADRA Noruega, ADRA Nova Zelândia, ADRA República Tcheca, ADRA Portugal e ADRA Suíça.

A versão original deste artigo foi publicada pelo site da Divisão Intereuropeia.