[Foto cortesia da Missão da Península Zamboanga]
Philippines | Paulmarc Aber Caberte with additional reporting from Edward Rodriguez, Zamboanga Peninsula Mission

Em setembro de 2022, os membros da igreja de uma cidade filipina local chamada Ipil realizaram seu primeiro treinamento em língua de sinais em toda a comunidade, "Fale com sinais". Este evento ocorreu no salão do escritório da missão da sede da Península de Zamboanga, onde mais de 40 pessoas de 14 igrejas em lpil se reuniram para comunhão e adoração.

A maioria dos convidados envolvidos eram jovens e líderes juvenis de suas igrejas locais. Alguns professores também estiveram presentes durante a reunião. Treze surdos foram convidados a participar como palestrantes de recursos para enriquecer, envolver e inspirar o treinamento. Doze desses indivíduos trabalham como intérpretes de linguagem de sinais para a Igreja Adventista Mission View. A maioria deles são membros da Associação de Surdos Zamboanga Sibugay e da Associação de Surdos lpil.

O Pr. Patrocenio A. Caberte Jr., pastor Distrital de lpil, cumprimentou a todos no programa de abertura e explicou por que procurou tornar este treinamento possível. Ele expressou que o evangelho não é apenas para aquelas pessoas que podem ouvir, mas especialmente para aquelas pessoas que experimentam problemas auditivos. Durante o programa, os deficientes físicos interpretaram uma música especial usando as mãos. Com isso, a performance ganhou mais significado e impacto, principalmente para essa comunidade especial e seus convidados.

A Sra. Carmelita Asoy, Diretora do Ministério de Possibilidades Adventistas de Zamboanga (ZPM), transmitiu uma mensagem de esperança sobre o que é o Ministério de Possibilidades Adventistas e como podemos nos engajar em apoiá-lo. A Sra. Lorena Mae Beronio, responsável pelo Escritório de Assuntos de Pessoas com Deficiência da Igreja Ipil, também compartilhou ideias inspiradoras sobre como alcançar a comunidade surda e como o Senhor deseja que cada indivíduo experimente a salvação de Deus.

O objetivo dos Ministérios de Possibilidades Adventistas é melhorar a participação dos membros na comunhão e serviço, tanto dentro da igreja como dentro de suas respectivas comunidades. Este ministério também exorta os membros da igreja a apreciar e a compreender as pessoas de todas as culturas e origens. A realização de eventos para a Comunidade Surda oferece oportunidades para a igreja criar conexões que ajudarão esse grupo social específico a se sentir aceito e valorizado na sociedade.

Devocionais inspiradores sobre a participação no Ministério de Possibilidade Adventista (APM) foram compartilhados durante todo o programa. O Pastor Cart Gladden Aguillon, um dos palestrantes do devocional, destacou a importância de se envolver na missão, principalmente no que diz respeito ao alcance da Comunidade Surda.

“É nossa responsabilidade compartilhar o evangelho com todos. O evangelho não é apenas para um determinado grupo de pessoas, mas o Senhor deixou claro que Sua palavra é para cada tribo, nação, língua, tribo e povo”, disse Aguillon.

De acordo com Micaella Masayon, participante, a sessão foi muito interessante e agradável por causa dos jogos. Os participantes também gostaram de fazer novos amigos com a Comunidade Surda. Cristina Turno, outra participante, afirmou que não se arrependeu de se inscrever no programa porque valeu a pena pelo seu tempo. Ela continuou dizendo que interagir com a Comunidade Surda através da linguagem básica de sinais foi agradável.

A maior parte do treinamento foi facilitada por meio de interação pessoal entre os alunos e os instrutores de língua de sinais. Os alunos foram instruídos sobre como interagir com os surdos usando sinais básicos de saudação, sinais de sobrevivência e técnicas de abordagem que preenchem a lacuna de comunicação, conectam e estabelecem conexões positivas entre a Comunidade Surda e o público.

Para desenvolver uma organização que atenda às necessidades holísticas da Comunidade Surda no Distrito de lpil, os Ministérios de Possibilidades Adventistas de lpil optaram por eleger oficiais que defenderão as infinitas possibilidades das pessoas associadas com deficiência, incentivando-as a descobrir seu valor aos olhos de Deus e do mundo.

Os novos dirigentes eleitos da lpil APM concluíram a formação através de um programa. Os estudantes de língua de sinais demonstraram seu conhecimento apresentando um breve drama bíblico em língua de sinais filipina. A Comunidade Surda gostou desse drama porque os ajudou a entender as histórias da Bíblia. Gerry Faustino, presidente da Irmandade Conjunta do Distrito de lpil, fez um discurso comovente sobre a necessidade de usarmos nossas mãos para servir ao Senhor. Todos os participantes receberam certificados de conclusão, e todos os professores Surdos receberam certificados de gratidão reconhecendo seu compromisso em liderar e ensinar durante o programa.

Clyde Santuyo, um dos professores surdos, expressou seu apreço pelo treinamento, pois o ajudou a sentir um senso de igualdade na comunidade. Isso lhe deu a impressão de que a comunidade ouvinte está ao seu lado e trata a comunidade surda de forma igualitária.

A possibilidade de que mais pessoas se envolvam neste ministério cresceu no coração dos defensores da APM. A comunidade ouvinte também viu oportunidades para estabelecer relacionamentos com a comunidade surda e fazê-los perceber que seus talentos dados por Deus podem ser utilizados para Seu propósito. Segundo os organizadores, isso abre caminhos para que a Comunidade Surda aprenda mais sobre Deus e tenha maior acesso aos Seus escritos.

O Ministério Adventista de Possibilidades está defendendo o reconhecimento da dignidade dada por Deus a cada pessoa, que merece respeito e o tipo de assistência que os ajuda a tornar possível a descoberta de habilidades não desenvolvidas, apesar dos estigmas associados a uma deficiência ou perda. Para saber mais sobre este ministério, você pode visitar  https://www.possibilityministries.org/.

O artigo original foi publicado no site de noticias.  da Divisão Sul-asiática do Pacífico.

arrow-bracket-rightComentárioscontact